Aldo peita UFC sobre rival e deve levar 2ª disputa de título

MMA Ultimas Noticias  

Boa praça, pau para toda obra, funcionário exemplar. Essa sempre foi a melhor maneira de definir o campeão dos penas do UFC, José Aldo. Ele nunca negou nenhuma luta, nunca faltou ou se atrasou a compromisso e, o mais importante, sempre dá show dentro do octógono. Mas essa situação mudou na última semana e finalmente o brasileiro peitou o evento. E mais que fazer imperar sua vontade, ele ainda vai levar uma segunda disputa de cinturão.

O motivo da revolta de José Aldo é o fato de o presidente Dana White ter imposto o peso leve Anthony Pettis como seu próximo adversário na disputa do cinturão dos penas, em agosto. De cara, o manaura radicado no Rio de Janeiro disse que até aceitaria, mas no último sábado, o dirigente revelou que o lutador e sua equipe estavam recusando o combate – que no final, foi confirmado.

Aldo achava que Pettis não merecia uma disputa de título em uma categoria que não é a dele e em que ele nunca lutou. “Quem merece a chance é o Ricardo Lamas. Ele fez por merecer. O Cub Swanson é outro que está em uma crescente. São atletas da categoria, que lutam há bastante tempo por essa vaga, que nunca chega em função do UFC colocar adversários da categoria de cima”, disse à Tatame.

É uma clara mudança de postura, Aldo finalmente está deixando de ser apenas um bom moço que sempre foi. Ele está se colocando no patamar de outros grandes campeões, se impondo nas negociações, se colocando como grande campeão e um dos maiores nomes do evento. Ele não está fazendo nada que Anderson Silva e Jon Jones, por exemplo, já não fizeram.

Mais que isso, prevejo essa mudança de mentalidade até mesmo nas negociações de salário, por exemplo. Quarto colocado no ranking oficial do UFC de melhor lutador entre todas as categorias, ele ganhou em sua última luta uma bolsa menor que os três primeiros (Anderson, Jones e GSP).

A questão é que Dana White, entusiasta da luta contra Pettis desde o primeiro momento, não gostou nada do que ouviu “Essa luta está de pé. Ele vai lutar contra Pettis, ou ele não vai gostar do que vai acontecer”, resumiu o presidente do UFC, de forma muito irritada.

Agora é esperar para ver quem vai ganhar essa queda de braço. E acho que será o lutador. A amiga Ana Hissa, do Sportv.com, deu caminho dessa situação. Ela conversou com o técnico de José Aldo, Dedé Pederneiras, e ele explicou que o lutador aceitou enfrentar Pettis (Dana já tinha revelado isso) pelo cinturão dos penas, mas com uma condição: se ele vencer, sua próxima luta será, direto, uma disputa de título entre os leves, na categoria de cima. Achei um belo negócio.

 

Fonte: http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2013/02/26/jose-aldo-finalmente-deixa-de-ser-apenas-bom-moco-e-peita-o-ufc-sobre-proximo-adversario/


Deixe seu Comentário:

]]