Dana descarta luta entre Rousey e Cyborg

MMA Ultimas Noticias  

Depois da vitória de Ronda Rousey sobre Liz Carmouche na primeira luta feminina da história do UFC, o presidente Dana White já começou a pensar na próxima defesa de cinturão da loira. Mas deixou claro que não será contra a brasileira Cris Cyborg, ex-campeã dos penas do Strikeforce.

Cyborg foi demitida do UFC após entrar em atrito com o presidente Dana White, que queria uma luta entre ela e Rousey na categoria de baixo, a dos galos. A brasileira se recusou, e exigia que o combate acontecesse em peso combinado. Ela acabou saindo da organização e acertou com o Invicta FC.

Mesmo assim, após mais uma vitória de Ronda, Dana White foi questionado sobre uma possível luta contra Cyborg. E rechaçou a possibilidade: “Isso está completamente fora dos planos. Cris Cyborg teve a chance dela, e não aproveitou. Mas tudo bem, porque, na verdade, ninguém sabe quem é ela”, alfinetou o presidente após o UFC 157.

Dana indicou que a próxima rival de Ronda deverá sair do confronto entre Miesha Tate e Cat Zingano, a próxima luta entre mulheres do UFC que está marcada para o dia 13 de abril. Tate já enfrentou Rousey no Strikeforce e perdeu, também com uma chave de braço.

Para o futuro da nova categoria, Dana White revelou o sonho de contar com Gina Carano, ex-campeã do Strikeforce, que deixou a luta para se aventurar nas telas de cinema, como atriz. O presidente deixou as portas abertas para ela.

“Gina é uma estrela do cinema agora. Estou feliz por ela. Ela não me falou, mas eu ouvi dizer que ela estaria interessada em voltar. Não vou pressioná-la. Mas acho que seria muito legal se ela voltasse”, declarou Dana White ao site MMA Fighting.

Fonte: http://esporte.uol.com.br/mma/ultimas-noticias/2013/02/24/dana-descarta-luta-entre-rousey-e-cyborg-e-ironiza-a-brasileira-ninguem-sabe-quem-e.htm


Deixe seu Comentário:

]]