Edgar fura a fila e faz com Aldo 1ª superluta do ano no UFC

MMA Ultimas Noticias  

Uma das principais discussões dos bastidores do UFC nesse momento é sobre quem merece ou não disputar um cinturão e se, quem está lá no title shot, deveria mesmo estar. O principal motivo é Chael Sonnen, que mesmo sem nenhuma luta na categoria, vai disputar o cinturão dos meio-pesados contra Jon Jones. Mas nem toda vez quem alguém fura a fila de um título é algo tão ruim. Frankie Edgar é o maior exemplo disso.

Ex-campeão dos leves, Edgar se notabilizou por fazer lutas épicas. Ficou com o título até 70 kg de agosto de 2010 – vencendo duas vezes a lenda BJ Penn – a fevereiro de 2012. Depois, perdeu o cinturão em grandes lutas, equilibradas, contra Benson Henderson. Agora, estreia na categoria de baixo, nos pesos pena, e já vai direto para a disputa de cinturão contra o brasileiro José Aldo, neste sábado, no UFC 156.

Mas por que essa furada de fila é melhor que a de Chael Sonnen? O campeão José Aldo estava sem grandes rivais na categoria. Todos os top contenders dos penas não inspiravam tanta confiança – Erik Koch, que, por exemplo, o enfrentaria no UFC Rio 3 se não fosse uma lesão, levou uma surra de Ricardo Lamas no último fim de semana, no UFC on FOX 6.

A vinda de Edgar oxigena a categoria e traz um belo desafio para o brasileiro. Mais que isso, essa será a primeira superluta de 2013, ano que deve ser marcado por desafios entre grandes nomes do UFC. O norte-americano, apesar de vir de derrotas, elas aconteceram em grandes atuações. Não é como Sonnen que, em sua última luta, foi duramente nocauteado por Anderson Silva.

Frankie sabe que vai encontrar nos próximos dias em Las Vegas esse tipo de questionamento, principalmente depois que Vitor Belfort ter criticado duramente Chael Sonnen, dizendo que ele não merece estar na disputa de cinturão contra Jon Jones.

“Não vou ficar chateado com isso. As pessoas precisam lembrar que esse esporte tem muito de entretenimento também, não apenas a luta em si. Com o calendário apertado que o UFC tem agora, com muitos eventos, não tem como fazer com que todas as lutas sejam interessantes. Mas dou crédito ao UFC por casar as lutas que os fãs querem ver. No final, a cereja sempre vai estar em cima do bolo”, disse Edgar ao jornal USA Today.

Sim, essa era uma luta que os fãs queriam ver. Muito leve e muito pequeno para a categoria até 70kg, já era pedido há muito tempo que Frankie Edgar descesse para os 66kg, onde seu tamanho é mais próximo de seus rivais. Além disso, quem acompanha MMA há mais tempo sabe que ele tem tudo para fazer uma luta épica contra José Aldo. Mais uma em sua bela carreira.

 

Fonte: http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2013/01/28/edgar-mostra-quando-furar-a-fila-nao-e-tao-ruim-e-faz-com-aldo-1a-superluta-do-ano-no-ufc/


Deixe seu Comentário:

]]