Massa evita euforia após liderança desta quinta: "Estou com pés no chão"

Esportes Ultimas Noticias  

Brasileiro minimizou importância do resultado dos testes neste momento, mas frisou que o desempenho da McLaren continua a impressionar

Felipe Massa, da Ferrari, nos boxes de Jerez (Divulgação)

Líder com sobras do terceiro e penúltimo dia de testes da F1 em Jerez de la Frontera, na Espanha, Felipe Massa preferiu manter os pés no chão em relação ao desempenho da Ferrari nesta quinta-feira. Depois de duas sessões discretas, o modelo F138 mostrou as garras ao fazer o melhor tempo da rodada até aqui, 1min17s879, superando a Mercedes de Nico Rosberg, segunda colocada do dia, por 887 milésimos.

O brasileiro atingiu a marca calçado com pneus macios e, por isso, acredita que o tempo 1min18s8 registrado por Jenson Button na terça, com compostos duros e quando a pista ainda estava suja, é a verdadeira proeza de toda a semana.

“Ainda acredito que a volta dele tenha sido incrível. Com pneus duros, no primeiro dia e com pista suja, foi realmente uma volta rápida. Eu não tive carro para fazer aquela volta naquele momento. Sequer trabalhei nos tempos de volta, mas acho que foi impressionante”, considerou.

“Acho que muitas pessoas estão pensando o mesmo sobre mim agora, mas acho que apenas evoluímos o carro ao longo desses dias. Acho que fiz uma boa volta, mas não podemos dizer o que vamos ter em mãos no começo do campeonato. Estou com meus pés 100% no chão”, salientou.

Na avaliação do paulista, o resultado positivo desta quinta foi consequência de todo o trabalho feito pelo time italiano nos dois primeiros testes. Contudo, ele descartou que o primeiro lugar tenha, de fato, algum significado.

“[O desenvolvimento] está indo na direção que eu esperava, mas [a primeira posição] só conta nas corridas. É sempre legal [ficar na liderança], mas não vale muito. Estamos com os pés no chão e precisamos trabalhar 100% para melhorar o carro, visando à primeira etapa”, finalizou.

O bom desempenho desta quinta marca o encerramento da participação de Massa em Jerez. Nesta sexta, Felipe entrega o bolido ao reserva Pedro de la Rosa, que fará um trabalho de comparação entre o rendimento da F138 na pista e nos simuladores. O brasileiro volta a conduzir o carro vermelho somente em 22 de fevereiro, última data da primeira rodada de treinos coletivos em Barcelona.

 

Fonte: http://tazio.uol.com.br/f1/massa-evita-euforia-apos-lideranca-desta-quinta-estou-com-pes-no-chao


Deixe seu Comentário:

]]